A câmara municipal do Cartaxo, tem um plano de emergência preparado para todos cenários, no entanto, a sua ajuda pode fazer a diferença. Como?

“Camas articuladas, lençóis e almofadas ou cobertores e edredons, são os artigos que serão necessários para estarem atempadamente higienizados e desinfetados, caso estas zonas venham a ser ativadas.·      A recolha dos bens poderá ser efetuada pelos serviços municipais – para garantir a segurança de quem disponibiliza os bens – neste caso deve ser contactado o Serviço Municipal de Proteção Civil para o número 961 719 338 ou por email para proteccaocivil@cm-cartaxo.pt ·      Os bens poderão também ser entregues no quartel dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, no Estádio Municipal e Parque de Máquinas do Município.·      A Câmara Municipal já contratualizou a preparação de refeições para estas zonas de quarentena, mas também apela à ajuda da população caso entendam contribuir com água engarrafada ou alimentos não perecíveis, como bolachas.·     No Estádio Municipal e no Quartel dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, já foram criadas duas zonas de armazém de bens alimentares não perecíveis, para possível apoio a estas zonas de quarentena.·       Até ao momento, quer por aquisição da Câmara Municipal, quer por doação, o Serviço Municipal de Proteção Civil já reuniu 112 camas, 20 das quais articuladas, cerca de 150 conjuntos completos de roupa de cama, 53 almofadas e 53 cobertores. ·      Diversas instituições estão a recolher mais roupas de cama junto dos seus próprios voluntários, mas “é necessário recolher o máximo possível”, afirma o autarca “esperando sempre o melhor, devemos preparar-nos para o pior. Este é um tempo que requer esperança no coração de cada um de nós, mas decisão pronta nas nossas ações. Este é um tempo em que trabalhar por excesso, é o mal menor que podemos cometer”.

Acaba de informar a autarquia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *