Os testes iniciaram-se esta manhã, na Quinta das Pratas, onde, e segundo Pedro Ribeiro, presidente da autarquia, “é possível efetuar os testes com a maioria dos trabalhadores dentro das suas próprias viaturas”.

A iniciativa decorre da ação que as 11 Câmaras Municipais que compõem a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) estão a efetuar nos respetivos concelhos, e que prevêem a realização de mais de 2.000 testes.

Segundo a autarquia, em comunicado, pelo centro de testagem, passarão, numa primeira fase, 151 pessoas – todas trabalhadoras do Lar de S. João da Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, da Casa João Manuel da APPACDM e do Lar Solserra, de Vale da Pedra.

A recolha das amostras é efetuada por equipas de enfermeiros das Unidades de Cuidados Continuados (UCC) do ACES Lezíria. Estas amostras serão entregues, pelo Serviço Municipal de Proteção Civil do Cartaxo, na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *