Ontem, dia 13, a Escola Básica de Vila Chã de Ourique dispensou uma das suas alunas para estar no edifício-sede da Câmara Municipal do Cartaxo para “tomar posse” como “presidente por um dia”.

Carlota, a jovem “presidente”, fez-se acompanhar de dois elementos da família – o avô e a irmã mais velha – “que lhe garantiram o apoio necessário antes de a deixar sozinha a cumprir as suas obrigações”.

Depois da “passagem de presidência” de Pedro Ribeiro para a jovem, ambos partiram para Vila Chã de Ourique – onde está a decorrer, durante o mês de fevereiro, a iniciativa Presidência Aberta.

Recebida em Vila Chã de Ourique pelo presidente da junta, Vasco Casimiro, a presidente ocupou o seu lugar ao lado de Pedro Ribeiro para assumir os trabalhos da Comissão Municipal de Proteção Civil, a que se seguiram mais duas reuniões, a reunião do Conselho Municipal de Segurança e a Comissão Municipal de Trânsito.

Nesta experiência, a Carlota ficou a conhecer os representantes das forças de segurança – o Comissário Vitor Antunes da PSP, o Comandante do Posto da GNR do Cartaxo, Paulo Belchior e o Comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, David Lobato –, que têm assento quer na comissão, quer nos concelhos.

A jovem conheceu ainda os “presidentes de junta de freguesia presentes, os responsáveis e técnicos do Serviço Municipal de Proteção Civil, como Ana Coelho que apresentou o trabalho desenvolvido pelo Serviço, ou a procuradora do Ministério Público, entre outros técnicos do Município do Cartaxo e responsáveis de diversas instituições do concelho”, explica a autarquia em comunicado.

Segundo Pedro Ribeiro, citado na mesma nota, a Carlota teve “um comportamento exemplar, [prestando] com atenção às propostas apresentadas pelas diversas instituições presentes, ao que acrescentou ainda uma grande simpatia para com todos os presentes”.

Para o autarca, a iniciativa permite a uma criança ou jovem “acompanhar um dia de trabalho normal do presidente de câmara, despertando-lhe a atenção para a importância da participação dos cidadãos no processo de decisão pública”.

O edil acrescenta ainda que “é muito importante que possamos ter cada vez mais pessoas a participar nas reuniões e visitas de trabalho. Que cada pessoa, cada empresa, cada instituição possa fazer-se ouvir e dar conta não só das dificuldades sentidas, mas também do trabalho que desenvolve em prol do crescimento cultural, desportivo, social e económico do nosso concelho”.

Presidência aberta continua até dia 27 de fevereiro em Vila Chã de Ourique

Todas as iniciativas, reuniões e visitas de trabalho, são abertas ao público, tendo o presidente da Câmara Municipal endereçado convites a todos os autarcas eleitos – vereadores da Câmara Municipal, membros da Assembleia Municipal, presidentes de junta e de assembleia de freguesia, para estarem presentes em todo o programa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *