ESTATUTO EDITORIAL

Correio do Cartaxo é um projeto de informação que acompanha mudanças tecnológicas e de civilização no concelho em que se encontra inserido, Azambuja, em particular, e no País e no Mundo, em geral.

O Correio do Cartaxo, é um jornal regional de Informação, orientada por critérios de rigor e criatividade editorial, sem qualquer dependência de ordem ideológica, política e económica.

O Correio do Cartaxo, inscreve-se numa tradição regional de jornalismo exigente e de qualidade, pautando a sua informação pelo espírito construtivo e evitando o sensacionalismo gratuito.

O Correio do Cartaxo, aposta numa informação local e generalista, abrangendo os mais variados campos de atividade e correspondendo aos interesses da imprensa local.

O Correio do Cartaxo, entende que as novas técnicas de informação implicam um jornalismo eficaz, objectivo e interativo na sua permanente comunicação com os seus leitores.

O Correio do Cartaxo, orienta as suas opções editoriais sem hierarquias prévias entre os diversos sectores de atividade.

O Correio do Cartaxo, considera que a existência de uma opinião pública informada, activa e interveniente é condição fundamental da democracia de uma sociedade aberta, que não fixa fronteiras locais, nacionais e culturais aos movimentos de comunicação e opinião.

O Correio do Cartaxo, empenha-se no debate das ideias, dando opinião a todos os interessados na consolidação de uma democracia plural.

O Correio do Cartaxo, é responsável apenas perante os seus leitores, numa relação rigorosa e transparente, autónoma do poder político e independente de poderes particulares.

O Correio do Cartaxo, reconhece como seu único limite o espaço privado dos cidadãos e tem como limiar de existência a sua credibilidade pública.

Cartaxo, 25 Janeiro 2018

 

(amanhã  a 1ª edição, disponível num comerciante perto de si, na câmara municipal e nas juntas de freguesia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *