O Partido Socialista do Cartaxo acusou, nos últimos dias, o PSD de ter abandonado a freguesia de Pontével, uma vez que não apresenta candidato a esta freguesia, preferindo apoiar a candidatura de Jorge Pisca pelo Movimento Independente Pluralista (MIP).

“O PSD Cartaxo ao desprezar a candidatura à freguesia de Pontével assume, de uma vez por todas, que não tem ideias próprias, nem projetos, nem equipas preparadas para serem alternativa a quem está à frente da Junta nos últimos 8 anos”, escreveram os socialistas num comunicado divulgado à comunicação social e à população, acusando ainda os social democratas de “oportunismo político”.

Na mesma nota, afirmam ainda que o candidato à Câmara Municipal, João Heitor, “não acredita no futuro de Pontével, nem na importância do PSD para o futuro da segunda maior freguesia do concelho”.

No entanto, o PSD já reagiu ao comunicado, dizendo que o apoio ao actual presidente da Junta de Pontével é motivado pela crença de que este será “a melhor solução para governar a freguesia”, rejeitando quaisquer ideais partidários ou ideológicos.

Os sociais democratas realçam também, em nota de imprensa, que o seu objectivo é “aumentar a qualidade de vida das pessoas do nosso concelho” e sublinham que “não enveredaremos por caminhos de corte e costura ou ataques pessoais pouco dignos e pouco produtivos para o desenrolar do futuro do nosso concelho. Consideramos que isso sim é abandonar as pessoas e descredibilizar o funcionamento da nossa democracia.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *