O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro, assumiu, na reunião de Câmara que decorreu ontem, dia 5 de julho, que “a construção de um novo centro de saúde no concelho, é uma reivindicação que vamos levar à Ministra da Saúde, em reunião de trabalho que já solicitámos”.

O autarca informou que, em março “inscrevemos um novo centro de saúde no Plano de Recuperação e Resiliência, como investimento em saúde, prioritário para o nosso concelho”. Pedro Magalhães Ribeiro lembrou que o Centro de Saúde do Cartaxo, inaugurado 1993, “é um espaço que já não responde às necessidades dos 15 mil utentes ali inscritos, nem proporciona aos profissionais de saúde condições dignas para o exercício das suas funções”.

Entre as reivindicações que Pedro Magalhães Ribeiro quer apresentar pessoalmente à Ministra da Saúde, está também a requalificação do edifício que acolhe a Unidade de saúde Familiar D. Sancho I, em Pontével, assim como a sua extensão em Vale da Pedra.

Em 2018, a Câmara Municipal do Cartaxo e a Junta de Freguesia de Valada, assumiram as obras de requalificação da extensão de saúde de Valada. “Um investimento superior a 36 mil euros, inteiramente pago pela Câmara Municipal”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro, que lembrou as declarações da então diretora da ACES Lezíria, “esta foi a única maneira e a condição essencial para manter a Extensão de Saúde aberta”.

Junto da Ministra da Saúde, o presidente da Câmara Municipal, volta a reivindicar “condições dignas para os equipamentos que servem a saúde no concelho, a par do reforço do número de médicos de família no nosso concelho. Esta é uma luta que travamos diariamente e que vai continuar”, assegurou Pedro Magalhães Ribeiro, nas visitas que fez ao Centro de Saúde do Cartaxo e ao centro de saúde de Pontével, no mês de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *