No âmbito das medidas preventivas de contágio por coronavírus (COVID-19), a Câmara Municipal do Cartaxo apela aos munícipes para terem alguns cuidados essenciais ao depositarem resíduos, quer nos contentores de lixo indiferenciado, quer nos ecopontos.

Estas recomendações têm por objetivo a defesa quer da população, quer dos trabalhadores que fazem a recolha do lixo. Em relação aos lixos indiferenciados, o lixo deve ser colocado em “sacos resistentes e bem atados” e colocado nos contentores, cujas tampas nunca devem ser deixadas abertas, explica a Câmara Municipal em comunicado, ressalvando ainda para nunca deixar sacos no chão junto aos contentores.

No caso dos resíduos recicláveis, caso os ecopontos estejam cheios, deve-se aguardar que estes voltem a ter espaço. Já os resíduos provenientes de habitações onde se “encontram pessoas contaminadas, ou sob suspeita de contaminação”, estes devem ser sempre colocados em sacos de lixo “resistentes e descartáveis”, cheios apenas a 2/3 e devem ser colocados dentro de um segundo saco.

As máscaras e luvas não são recicláveis, e por isso, devem também ser fechadas em sacos e colocadas no contentor do lixo indiferenciado. A autarquia relembra que, sempre que se depositar lixo nos contentores, deve-se lavar as mãos muito bem no regresso a casa. Devem ainda limpar-se as maçanetas das portas e outras superfícies nas quais se tenha tocado.

Estas medidas fazem parte do Plano Municipal de Contigência, ativado no passado dia 11 de março. Relembre-se que, até ao momento, o concelho do Cartaxo já conta com 12 pessoas infetadas com COVID-19 e com 49 casos sob vigilância ativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *