O PSD enviou esta semana aos media, alguns pontos que pretendia ver discutidos e aprovados na última assembleia municipal.

-Um voto de louvor que os eleitos do PSD colocaram à disposição do órgão no sentido de homenagear os comerciantes do Cartaxo.
-Uma moção da autoria da JSD Cartaxo que propôs alterações face aos investimentos realizados pela APA no dique de Valada, a possibilidade de se instalar na tapada, um corredor de manutenção com a implantação de equipamentos de desporto ao ar livre.
-As deliberações dos impostos municipais nos quais os eleitos do PSD votaram contra a imposição dos valores máximos.
A terminar
“Ainda relativamente a esta Assembleia Municipal, tornamos público o lamento à incapacidade do Presidente do órgão em gerir as intervenções do Presidente de Câmara que vão muito para além dos esclarecimentos aos deputados da Assembleia Municipal, desvirtuando o que deveria ser um espaço de debate e retirando de forma substancial tempo para a discussão entre os eleitos. Na sua essência, a Assembleia Municipal é um órgão de natureza fiscalizadora, competindo-lhe, entre outras funções, apreciar e fiscalizar a actividade da câmara municipal (cfr. alínea a) do nº 2 do artº 25º da Lei 75/2013 de 12 de setembro), pelo que incumbe ao executivo camarário esclarecer, da forma mais clara, eficiente e sucinta possível os membros da Assembleia que assim o interpelem.”
(extracto de comunicado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *