30 julho 2018

Termina favoravelmente o diferendo entre a organização e a Câmara Municipal do Cartaxo, depois de alguma troca de “mimos” entre Pedro Batista e a vereadora Elvira Tristão. O CTX Metal Fest vai voltar ao Cartaxo, em outubro, e assenta arraiais, de novo, no Centro Cultural.

Uma história que começa em Vila Chã de Ourique, quando no decorrer de uma sessão de Câmara descentralizada, o promotor questionou o executivo sobre um possível chumbo da localização no Centro Cultural do Cartaxo (CCC) e sobre a ausência de respostas.
Na altura, a vereadora Elvira Tristão tentou demover o CTX Metal Fest de escolher novamente o local por ser inadequado, mas Pedro Batista não desistiu e recorreu às redes sociais para demonstrar que o festival em nada colocava o local, a cidade ou o município em causa, “antes pelo contrário, conforme ficou comprovado nas duas edições anteriores”.

Assim sendo, e apresa de alguns excessos cometidos no percurso, este mês já foi aprovada a isenção de taxas para a realização do evento que “vai trazer uma música muito forte e muito especial, com seguidores incondicionais e boas surpresas”, afirmou Pedro Batista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *